NOTÍCIA | Pandemia: Encontrado em porcos na China novo vírus com ‘potencial pandêmico’

Gripe

Encontrado em porcos na China novo vírus com ‘potencial pandêmico’

O novo subtipo do H1N1 (Vírus da gripe mais comum) detectado em porcos na China é consequência de um “rearranjo genético” com o vírus que causou a pandemia em 2009. Ele conseguiu passar de porcos para humanos, mas não há registro de infecção entre pessoas. Por enquanto, os cientistas monitoram a situação.

Porcos

O que é este novo vírus?

Ele é um vírus do tipo Influenza A, responsável pelas epidemias da gripe. Ele foi identificado por cientistas na China e divulgado em artigo publicado nesta segunda-feira (29) no periódico científico PNAS (Proceedings of the National Academy of Sciences). É um H1N1 com características genéticas do pdm/09 – o subtipo que causou a pandemia de 2009.

O surto da gripe suína de 2009, com início no México, foi a última gripe pandêmica enfrentada em todo o mundo. Desde então, o vírus da gripe é combatido com a imunização pela vacina da H1N1. No momento, a preocupação dos pesquisadores é que o novo vírus afete os territórios e nações que ainda estão em combate contra a pandemia do coronavírus.

De acordo com os autores do estudo, essa linhagem de influenza surgiu recentemente, tem o porco como hospedeiro e pode ser transmitida aos seres humanos. Os cientistas temem que o vírus possa sofrer uma mutação maior e se espalhar com mais facilidade, já que, de acordo com as pesquisas, esta cepa “tem todas as características” de ser altamente adaptável e que, por isso, será monitorada.

A nomenclatura escolhida: G4 EA H1N1. “G4” é o nome do novo genótipo, grupo de genes que faz o subtipo deste vírus.

Ciclo de contágio do vírus Influenza desde 1918

Influenza

Sobre a pandemia atual (Coronavírus)

Seis meses após o início do surto de coronavírus, o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, disse que a pandemia da Covid-19 “está longe de acabar e que o pior ainda está por vir”. Ele afirmou que a falta de unidade nacional, solidariedade global e a divisão do mundo estão contribuindo para que a situação continue crítica.

Ainda sobre a Covid-19, Tedros Adhanom questionou como os países irão conviver com o vírus. Segundo ele, apesar de muitas nações adotaram medidas para suprimir a transmissão da Covid-19, essas ações não detêm o vírus. Na ocasião, a Organização Mundial da Saúde também fez menções à forma como o Brasil tem enfrentado a pandemia. O diretor-executivo do programa de emergências, Mike Ryan, disse que a luta contra o coronavírus não pode ser ideológica e que é necessário haver uma sincronia entre os governos estaduais e federal para combater a doença.

Então minha gente vamos continuar nos cuidando e seguindo a risca as orientações dos cientistas e autoridades de saúde.

#Usemascara #laveasmãos #Fiqueemcasa

Fonte: G1, JP News

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.