O Evangelho de Jesus Cristo: Análise segundo a visão do Apóstolo Mateus. Capítulo 3

Olá meus irmãos. Que a Graça e a Paz de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo estejam convosco.

Continuaremos nossa análise sobre o Evangelho do Senhor Jesus Cristo, segundo o apóstolo Mateus. Vamos ao capítulo 3?

Mateus 3

(1 – 12) A mensagem de João Batista

1 Naquele tempo João Batista foi para o deserto da Judéia e começou a pregar, 2 dizendo: —Arrependam-se dos seus pecados porque o Reino do Céu está perto! 3 A respeito de João, o profeta Isaías tinha escrito o seguinte: “Alguém está gritando no deserto: Preparem o caminho para o Senhor passar! Abram estradas retas para ele! ” 4 João usava uma roupa feita de pêlos de camelo e um cinto de couro e comia gafanhotos e mel do mato. 5 Os moradores de Jerusalém, da região da Judéia e de todos os lugares em volta do rio Jordão iam ouvi-lo. 6 Eles confessavam os seus pecados, e João os batizava no rio Jordão. 7 Quando João viu que muitos fariseus e saduceus vinham para serem batizados por ele, disse: —Ninhada de cobras venenosas! Quem disse que vocês escaparão do terrível castigo que Deus vai mandar? 8 Façam coisas que mostrem que vocês se arrependeram dos seus pecados. 9 E não digam uns aos outros: “Abraão é nosso antepassado. ” Pois eu afirmo a vocês que até destas pedras Deus pode fazer descendentes de Abraão! 10 O machado já está pronto para cortar as árvores pela raiz. Toda árvore que não dá frutas boas será cortada e jogada no fogo. 11 Eu os batizo com água para mostrar que vocês se arrependeram dos seus pecados, mas aquele que virá depois de mim os batizará com o Espírito Santo e fogo. Ele é mais importante do que eu, e não mereço a honra de carregar as sandálias dele. 12 Com a pá que tem na mão ele vai separar o trigo da palha. Guardará o trigo no seu depósito, mas queimará a palha no fogo que nunca se apaga.

Aqui vemos mais uma vez Mateus citando o profeta Isaías para provar aos judeus que Jesus era o messias, como constava nas escrituras. A respeito de João, o profeta Isaías tinha escrito o seguinte: “Alguém está gritando no deserto: Preparem o caminho para o Senhor passar! Abram estradas retas para ele! ” Mateus narra também o tratamento que João Batista dispensava aos fariseus e saduceus, que eram a liderança religiosa dos judeus na época. Quando João viu que muitos fariseus e saduceus vinham para serem batizados por ele, disse: —Ninhada de cobras venenosas! Quem disse que vocês escaparão do terrível castigo que Deus vai mandar? Façam coisas que mostrem que vocês se arrependeram dos seus pecados. E não digam uns aos outros: “Abraão é nosso antepassado. ” Pois eu afirmo a vocês que até destas pedras Deus pode fazer descendentes de Abraão! João Batista estava indignado com a forma distorcida que os fariseus e saduceus interpretavam e ensinavam as escrituras. De forma que lhes interessavam e não da forma correta. E eles ficavam ensoberbados pois eram descendentes de Abraão, que é o “pai da fé” judaica. Então, João Batista revela que Deus vai aceitar outros povos em seu reino e não somente os judeus quando afirma que até das pedras Deus pode fazer descendentes de Abraão. E, para finalizar, João Batista ainda anuncia a vinda de Jesus …, mas aquele que virá depois de mim os batizará com o Espírito Santo e fogo. Ele é mais importante do que eu, e não mereço a honra de carregar as sandálias dele.

(13 – 17) O batismo de Jesus

espirito-santo

13 Naqueles dias, Jesus foi da Galiléia até o rio Jordão a fim de ser batizado por João Batista. 14 Mas João tentou convencê-lo a mudar de idéia, dizendo assim: —Eu é que preciso ser batizado por você, e você está querendo que eu o batize? 15 Mas Jesus respondeu: —Deixe que seja assim agora, pois é dessa maneira que faremos tudo o que Deus quer. E João concordou. 16 Logo que foi batizado, Jesus saiu da água. O céu se abriu, e Jesus viu o Espírito de Deus descer como uma pomba e pousar sobre ele. 17 E do céu veio uma voz, que disse: —Este é o meu Filho querido, que me dá muita alegria!

Mateus mostra que Jesus cumpriu todo o “processo” para ser o profeta/messias esperado a tanto tempo. Naqueles dias, Jesus foi da Galiléia até o rio Jordão a fim de ser batizado por João Batista. Mas João tentou convencê-lo a mudar de idéia, dizendo assim: —Eu é que preciso ser batizado por você, e você está querendo que eu o batize? Mas Jesus respondeu: —Deixe que seja assim agora, pois é dessa maneira que faremos tudo o que Deus quer. E João concordou. Então, agora temos o messias aceitável para os judeus. Em seguida, acontece em minha opinião, um dos momentos mais emocionantes da narrativa da vida de Jesus. Onde o Eterno se manifesta em relação a Jesus. Logo que foi batizado, Jesus saiu da água. O céu se abriu, e Jesus viu o Espírito de Deus descer como uma pomba e pousar sobre ele. E do céu veio uma voz, que disse: —Este é o meu Filho querido, que me dá muita alegria!

A partir do capítulo 3 vemos os primeiros milagres na vida de Jesus. No próximo capítulo vamos ver o início do ministério do Senhor Jesus. Até lá.

Shalom.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.